Problemas e Tratamentos

Olheiras

As olheiras podem ser genéticas ou adquiridas. Sendo genéticas, conseguimos amenizá-las e quando adquiridas conseguimos muitas vezes tratar por completo.

olheiras2

 Alguns fatores externos também podem piorar o problema, como exposição exagerada e sem proteção ao sol, alguns remédios, o álcool e o sal em excesso nas comidas. Algumas mulheres apresentam olheiras durante o período menstrual, devido ao aumento da retenção de água no organismo. Essas olheiras são transitórias, se não houver propensão, desaparecem com o fim da menstruação. 

 Tipos de olheiras:

Constitucionais: São olheiras acastanhadas e fundas. Ocorrem devido a anatomia da face. O globo ocular se aloja em um local, que nesse caso é anatomicamente mais profundo e recoberto por uma pele muito fina. Os tratamentos para suavizar estas olheiras são lentos e apresentam resultados pouco perceptíveis. Preenchimento com ácido hialurônico geralmente é uma boa alternativa para o tratamento das olheiras constitucionais.

Melânicas: São acastanhadas. Causadas pelo acúmulo de melanina, que pode ser desencadeado pelo excesso de sol e estímulo hormonal. Os tratamentos apresentam bons resultados. Peelings clareadores funcionam muito bem.  

Sanguíneas: São arroxeadas. Causadas por acúmulo de hemoglobina (um pigmento sanguíneo) ou produtos de sua degradação (bilirrubina, biliverdina e ferro). Os tratamentos agem na microcirculação e apresentam bons resultados. Carboxterapia, radiofrequência, drenagem linfática são recursos indicados.

Vasculares: São azuladas. Ocorrem devido a retenção de fluidos. Tendem a agravar-se em situações de estresse e cansaço, devido ao sono ruim, má alimentação, sobrecarga de trabalho… quando a circulação sanguínea da região torna-se parcialmente comprometida. Como nas olheiras sanguíneas, os tratamentos que agem na microcirculação apresentam bons resultados, e claro que um bom descanso e alimentação saudável ajudam. Tratamos de forma similar as sanguíneas.

A chave para o sucesso do tratamento de olheiras é sem sobra de dúvidas a associação de técnicas, afinal quem tem olheiras geralmente tem uma associação de causas e tipos. Exemplos: estresse, fumo, má alimentação podem causar alteração sanguíneas, vasculares e gerar posteriormente uma olheira melânica.

Então, a dica é: Como a região dos olhos é uma área mais fina, a hidratação e proteção solar a partir dos 20 anos se tornam indispensáveis. Isso previne o aparecimento de rugas e das temidas olheiras.

TRATAMENTO

Para otimizar os resultados no tratamento das olheiras pode-se optar pela combinação de diversos tratamentos. O tratamento adequado pode ser feito através de:

Carboxiterapia: Consiste na aplicação de dióxido de carbono sob a pele com uma agulha muito fina e faz com que haja uma melhora na nutrição celular e um aumento da produção de fibras de colágeno que combatem a flacidez da pele e consequentemente diminuem as olheiras. São necessárias de 4 a 8 sessões realizadas semanalmente;

Peeling químico: Promove uma esfoliação suave da região com clareamento. São necessárias pelo menos 2 sessões realizadas quinzenalmente;

Drenagem linfática facial: Facilita a circulação linfática, desinchando o rosto e eliminando o excesso de líquido que formam as "bolsas nos olhos" muito comum em quem sofre com olheiras. Deve-se realizar as sessões pelo menos 2 vezes por semana; 

Creme clareador: Existem diversos fármacos utilizados para tratamento de olheiras com o objetivo de melhorar a circulação e clarear as manchas da pele. Aqui na Clínica Young Body associamos um creme manipulado para ser utilizado em casa. Cada paciente deve ser previamente examinado e orientado a utilizar um creme específico para o seu caso particular.

Endereço

Rua Santa Rita, 411 - Centro - Garopaba/SC

Informações e Agendamento (48) 3254-6760 

Email:clinicayoungbody@gmail.com  

Redes Sociais:   32x32 instagram  facebook

Receba Novidades